Você está aqui
Home > Desporto > CERTT > Já Se Prepara 11ª Edição do Desafio Total Mazda

Já Se Prepara 11ª Edição do Desafio Total Mazda

 

A Mazda já está a preparar a 11ª edição do Desafio Total, a ser realizada no próximo e que contará com um novo formato, que poderá vir a ditar um número diferente de provas.

“Mantendo-se como iniciativa sem paralelo no panorama do todo-o-terreno nacional, o Desafio Total Mazda tem proporcionado, ao longo dos anos, um crescente grau de competitividade e interessantes lutas no seio do seu pelotão e até, por diversas vezes, em termos de geral das provas que integra”, disse José Santos, responsável da Mazda Motor Portugal e do Desafio Total Mazda. “Cumpridos que estão os primeiros 10 anos do Desafio e em face da experiência acumulada, decidimos apostar noutro tipo de estrutura. Naturalmente que isso significa, por exemplo, uma diferente abordagem à prova de Fronteira”.

Mediante as palavras do responsável da marca e do Desafio, é de prever que possa haver uma abordagem diferente no futuro, por parte desta competição monomarca, relativamente às 24 Horas de Fronteira, que têm tradicionalmente encerrado a competição e que estão neste preciso momento a decorrer, na sua edição de 2017.

Com tudo isto em estudo e, enquanto se aguarda a definição do calendário de competições para o próximo ano, por parte da FPAK – Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting -, sendo expectável que sejam incluídas 6 provas para o Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno, a Mazda vai tranquilamente preparando a 11ª edição do Desafio.

“O Desafio mantém-se como disciplina de promoção à actual oferta da Mazda para o segmento SUV em Portugal, fruto da aposta numa silhueta inerente ao nosso Mazda CX-5, feita através de um ‘kit’ específico de carroçaria”, acrescentou José Santos. “Em 2018 o Desafio continua a contar com o nosso parceiro de longa data, a Total, agora representada pela Total Petróleos Portugal, para além do apoio da Europ Assistance e da Avivar, promovendo-se, em conjunto, uma disciplina de salutar competição que tem sabido resistir a várias vicissitudes inerentes ao mercado e à realidade económica do país”.

Relativamente ao restante regulamento do Desafio Total Mazda, na edição 2018, não são esperadas mexidas de vulto, mantendo-se, entre outras: a obrigatoriedade de inscrição no Desafio para poder disputar os títulos; a estrutura das pontuações no final de cada prova, com o extra de 1 ponto atribuído à dupla melhor classificada no Prólogo e nos diferentes Sectores Selectivos que cada prova venha a ter; e o relevante lote de prémios financeiros, que voltará a ultrapassar os 50.000 Euros, entre cheques por prova e de final de temporada.

Fotos: Mazda/AIFA

 

Facebook
Twitter

 

Artigos Semelhantes

Top