Você está aqui
Home > Mercado > História > Mitsubishi: 100 Anos de História e 80 em 4X4

Mitsubishi: 100 Anos de História e 80 em 4X4

 

Quando a Mitsubishi Motors Corporation (MMC) apresentou o Outlander PHEV em 2012 no Paris Motor Show, trouxe um conceito completamente novo para o mercado: o primeiro SUV híbrido plug-in do mundo com tração às quatro rodas. Sucesso de vendas notável e líder no seu segmento em  mercados como o espanhol, desde o início da sua comercialização, o PHEV Outlander também é o último descendente de uma longa tradição da Mitsubishi nos veículos com tração às quatro rodas, que começou em 1935 com o PX33.

1936 PX33: Foi Como Tudo Começou

O PX33 é um ponto de referência para a Mitsubishi Motors, já que foi o primeiro veículo 4WD a ostentar o logotipo dos três diamantes. Desenvolvido pela empresa, naquela época designada de  Mitsubishi Heavy Industries (MHI), surgiu de um primeiro protótipo, o PSF33, equipado com motor a gasolina, que viu a luz do dia em dezembro de 1935. Em 1936 surgiu o segundo protótipo do PX33, a partir do qual somente quatro unidades foram produzidas. Todas foram testadas em condições extremas, que superaram com grande sucesso. No entanto, a MHI hesitou em continuar com a produção em série do modelo, pois considerava que era muito cedo e, por esse motivo, o projeto PX33 não teve continuidade.

Como homenagem às raízes 4WD da Mitsubishi, a Sonauto (distribuidora francesa da MMC na época) desenvolveu uma réplica de rally-raid do PX33 de 1936, usando a mecânica de competição do Pajero. Um exemplar dessa réplica passou pelas mãos de uma equipa, de sete pessoas, no Rali Paris-Tunísia-Dakar de 1989, tendo terminado no 31º lugar, com o francês Jean-Pierre Jaussaud ao volante. Como reconhecimento adicional deste modelo, uma réplica do PX33 passou a estar em exibição no museu Mitsubishi Auto Gallery, localizado em Okazaki (Japão), perto do centro de pesquisa e desenvolvimento da marca nipónica.

Mitsu100Anos_6
Mitsu100Anos_5

1953 Jeep: o passo para a fama

O segundo capítulo da história da Mitsubishi no mundo dos 4WD começou indiretamente – 17 anos depois, em 1953, quando a empresa assinou um acordo com a Willys Overland Corporation para fabricar o seu famoso Jeep (CJ3), sob licença no Japão. O primeiro modelo foi o Mitsubishi Jeep J3. Ninguém em 1953 imaginou que a produção duraria até 1998, com aproximadamente 200.000 unidades, incluindo variantes com corpos curtos e longos, assim como uma ‘station wagon’.

1980 Forte: o Mitsubishi 4WD Ganha ‘Vontade’ Própria

Ao produzir os modelos Jeep na sua fábrica em Nagoya (Japão), a Mitsubishi Motors começou a planear o seu próprio futuro, envolvendo-se no desenvolvimento da sua tecnologia de tração às quatro rodas, que se viria a estrear no modelo Forte, capaz de transportar uma tonelada; aquele que viria a ser o primeiro L200 em muitos mercados estrangeiros. No início dos anos 70, a MMC achou que um estilo mais orientado para os passageiros teria um maior apelo ao público do segmento de veículos industriais, mas mantendo a robustez exigida pelos usuários profissionais e com a adição de tração às quatro rodas . Após um período de intensa pesquisa e desenvolvimento, o Forte estreou-se em 1978 e foi lançado em muitos mercados estrangeiros como L200. Oito longos anos passaram desde o início do projeto até à fase de produção, mas estes foram bem utilizados. As vendas, no primeiro ano, atingiram 45 mil unidades e aumentaram dramaticamente para mais de 100 mil no ano seguinte. A transmissão 4WD foi introduzida em 1980.

O Forte/1ª série do L200 ocuparia um lugar especial na história da empresa, conhecido desde 1970, na medida em que a Mitsubishi Motors (após a então divisão motora da Mitsubishi Heavy Industries Co. acabaria por se tornar uma entidade corporativa separada), ‘plantando’ as sementes da tecnologia 4WD, que posteriormente desenvolveu para o Pajero SUV (maio de 1982) e o Delfa 4WD MPV (outubro de 1982 no formato 4WD).

1982 Pajero (chamado de Montero em Espanha): ‘Estilo de vida’

A Mitsubishi Motors previu a demanda por veículos todo-o-terreno mais civilizados e modernos, por isso testou vários protótipos de SUV “lifestyle”, com base em modelos existentes, como o Pajero I (1973), até ao Pajero definitivo que viria a ser lançado. Em 1979, o protótipo Pajero II foi introduzido e, três anos depois, conheceu-se a primeira geração do Pajero, que iniciou um novo capítulo na gênese dos SUV’s, inaugurando a agora popular tendência dos SUV’s compactos modernos, voltados para o estilo de vida. Desde 1982, mais de 3 milhões de cópias do Pajero foram fabricadas, o que significou uma verdadeira história de sucesso que ainda hoje persiste.

Igualmente confortável na estrada ou em fora-de-estrada, o Pajero (Montero em Espanha) adicionou o brilho exclusivo da competição às suas credenciais quando a MMC e a Sonauto decidiram participar na prova ‘rainha’ do mundo do off-road: o lendário Rally Dakar. Desde a sua primeira participação, em 1983, o Mitsubishi Pajero acumulou um histórico impressionante que inclui um recorde de 12 vitórias no Dakar entre 1985 e 2007, bem como na Taça do Mundo FIA de Cross Country Rallies (2003). Estas façanhas fazem parte da formidável reputação que a MMC desenvolveu no mercado SUV em todo o mundo, incomparável por qualquer outra marca até o momento e que continua hoje, com modelos como o Outlander PHEV ou o novo Eclipse Cross.

2012: Outlander PHEV com tração 4WD

O sistema PHEV da Mitsubishi Motors estreia o Twin-Motor Four-Wheel Drive acoplado ao seu S-AWC (“Super All Wheel Control”). Com base na tecnologia de tração às quatro rodas, entretanto desenvolvida e aperfeiçoada no Lancer Evolution, o Outlander PHEV S-AWC integra o controle dos sistemas 4WD, ASTC ABS e AYC (Active Yaw Control). Além disso, juntamente com o sistema PHEV, o S-AWC distribui a potência aos eixos dianteiro e traseiro, entre as rodas à esquerda e direita, para melhorar a estabilidade e precisão da condução. O S-AWC reduz a limitação da força  do diferencial e o deslizamento das rodas dianteiras, enquanto otimiza a distribuição de energia entre os dois eixos, para garantir uma aceleração poderosa desde o arranque. Além disso, a função “4WD LOCK” melhora a resposta através da transferência de energia entre os dois eixos, o que melhora a tração e a estabilidade em linha reta, na neve, lama e outros tipos de estrada com superfícies escorregadias.

Fotos: Mitsubishi

 

Facebook
Twitter

 

Artigos Semelhantes

Top