Você está aqui
Home > Desporto > Dakar > Peterhansel Reforça Liderança no Dakar

Peterhansel Reforça Liderança no Dakar

 

O dia de ontem foi de sabor agridoce para a equipa Peugeot. Stéphane Peterhansel deu mais um sinal que nos leva a desconfiar que é extraterrestre, vencendo de forma categrica, sem problemas de maior, num dia em que as anormais dificuldades desta edição da prova ficaram uma vez mais evidentes.

Stéphane Peterhansel venceu a sua primeira etapa desta edição do Dakar, com um tempo total de 2h51m19s, a 2m52s de vantagem do Toyota de Bernhard Ten Brinke.

“Hoje não fiz um mau trabalho, o resuItado está à vista, mas também não foi uma jornada totalmente perfeita para nós”, disse Stéphane Peterhansel. “Perdemos ar num pneu e ele acabou por sair da jante, pelo que tivemos de parar e perder alguns minutos. Também fizemos um erro de navegação no final da Etapa. Não conseguíamos encontrar um waypoint e perdemos mais de dois minutos. Portanto, não foi um dia perfeito, mas, comparado com outros, não foi assim tão mau. Fico mesmo bastante desapontado com o que aconteceu ao meu amigo Cyril, ao Sébastien e ao Daniel. Mas, o desporto automóvel é assim e o Dakar é isto”.

Com efeito, o dia foi de sensações opostas para a Peugeot, com o abandono de Sébastien Loëb/Daniel Elena a ser o ponto negativo. Após embater num duna com o Peugeot 3008DKR Maxi, Loëb foi confrontado com as queixas do seu navegador, que se terá lesionado no embate com o monte de areia. A imediata opção foi recolher ao ‘bivouac’, já que Daniel Elena se queixava de dores agudas no esterno e cóccix.

TenBrinkeDay5
DeVilliersDay5
SainzDay5
AlAttiyahDay5
LoebDay5

Quem também sofreu no dia de ontem foi a dupla francesa, Cyril Despres/David Castera. Depois de saírem muito atrasados para a etapa, no reconstruido Peugeot 3008DKR Maxi, os franceses acusaram o cansaço, cometendo alguns erros. Ainda assim, chegaram ao final e mantêm-se em prova.

Já os espanhóis, Carlos Sainz/Lucas Cruz, concluíram a etapa de ontem no 4º lugar, a 18m de Peterhansel. O resultado de ontem, permite aos espanhóis ascender ao 2º lugar da geral, a 31m do francês.

Como referido atrás, Bernhard Ten Brinke foi o segundo mais rápido no dia de ontem. O piloto da Toyota Gazoo Racing, tem vindo a impressionar nesta edição da prova e ontem, aos comandos da Hilux que divide com Michel Perin, teve mesmo o seu melhor desempenho até agora.

Na terceira posição, colocou-se mais um Toyota, com Giniel de Villers a chegar ao final da etapa a 12m47s do vencedor. Completando um excelente dia da marca nipónica, Nasser Al Attiyah foi 5º, a 24m33s.

Fotos: Red Bull, Dakar Media, Toyota Gazoo Racing

 

Facebook
Twitter

 

Artigos Semelhantes

Top